Pipoca Moderna | Dicas para fazer um Elevator Pitch
1740
post-template-default,single,single-post,postid-1740,single-format-standard,,qode-title-hidden,qode-theme-ver-15.0,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,disabled_footer_bottom,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive

Dicas para fazer um Elevator Pitch

Somos constantemente abordados pela pergunta: mas e aí, o que é que você faz? E muitas vezes a pessoa que nos fez essa pergunta pode ser um cliente em potencial ou ainda um futuro parceiro. Portanto, saber respondê-la de uma maneira atrativa e eficiente é essencial para qualquer um. Porém, nem sempre temos o tempo que desejamos para conseguir explicar o que é que fazemos, afinal de contas, isso nem sempre é tão simples assim. Então, falaremos hoje sobre Elevator Pitch (discurso de elevador) que é justamente uma miniapresentação que você deve ter pronta para quando precisar apresentar seus serviços, sua empresa ou seu produto de uma maneira rápida e atrativa. Aqui vão algumas dicas de como você pode aprender a fazer o seu Elevator Pitch:

Escreva um discurso. Ele pode ser de 30 segundos ou de no máximo 3 minutos mas é importante que você o tenha escrito. Por que? Primeiro para ajudar na memorização e na elaboração da sua fala. Colocando as suas ideias no papel você vai poder analisar o que está faltando nela, quais outras palavras seria melhor utilizar e se ela cumpre a sua função, que é explicar com clareza o que você faz e o mais importante, como quem recebe seu produto ou serviço se beneficia.

Seja simples. Evite ao máximo usar qualquer tipo de vocabulário técnico relacionado ao seu produto ou serviço. Seja sucinto, use exemplos e palavras cotidianas que sejam fáceis de compreender. O seu interlocutor tem que se sentir atraído e entender o mais rápido possível sobre o que você está falando, qualquer informação complexa terá o efeito contrário. Esse discurso deve ser pensado com um tom de conversa, informal e descompromissada, literalmente uma conversa de elevador. Ele é apenas uma isca para fisgar o seu interlocutor que poderá procurar mais informações no seu site ou ligar para você mais tarde caso tenha ficado interessado (ele saberá como fazer isso depois que você entregar o seu cartão para ele, é claro). Portanto, não se preocupe em estar sendo muito simplista no seu discurso e não estar abordando tudo o que a sua empresa ou o que você é capaz de fazer. Esse é apenas um contato inicial que deve motivar um outro contato posterior. Esqueça os detalhes, foque no essencial.

Preciso dizer que praticar é sempre bom? Já disse isso aqui no blog inúmeras vezes, mas sempre vale reforçar. Somente praticando muito você vai conseguir ter o seu discurso completamente decorado e só assim você conseguirá dar a ele um tom de conversa. Você não pulará informações nem se perderá durante sua fala. Pois quando menos perceber, aquele que podia se tornar seu futuro cliente já saiu pela porta do elevador.

O elevator pitch é uma ferramenta poderosa para quem está constantemente conhecendo pessoas e quer estar preparado para conquistar um cliente ou parceiro em qualquer situação. Criando um discurso rápido de poucos minutos você alinha sua argumentação e não corre o risco de esquecer alguma coisa essencial ou de dar aquele branco quando alguém se aproxima, assim de repente, e te pergunta: mas viu, o que é que você faz? Caso você tenha seu discurso na ponta da língua, você vai ficar ansiando para que alguém lhe pergunte isso.

Rodrigo Ventura
rodrigo@pipocamoderna.com

Sócio-fundador da Pipoca Moderna, colecionador de discos, apreciador de plantas, livros e churros.