falar em público Tag

O post de hoje será sobre nada. Porém, durante o meu texto eu vou fingir que estou falando sobre algo. Por exemplo, isto daqui é uma introdução. Imagine que eu estou contextualizando um tema, te apresentando uma perspectiva sobre algum assunto qualquer. Aqui vem um exemplo sobre o que eu estava falando. E agora, vou apresentar uma frase que fará você querer seguir em frente e ler o texto todo. Ok, é brincadeira caro leitor, esse texto será sobre alguma coisa. Será sobre o discurso de Will Stephen, que em uma apresentação no TED, a maior conferencia de apresentações no mundo, fez exatamente o que eu fiz no começo do texto: falou sobre nada. E mesmo assim, vamos aprender algo sobre apresentações com ele. O link dessa apresentação completa tá aqui. Na apresentação de Will vemos a estrutura básica de uma apresentação. Ele percorre pela apresentação...

Praticamente todos nós temos esse problema. Após horas dedicas a criação de uma apresentação, na elaboração do roteiro e finalmente na criação de slides, agora você tem que decorar seu discurso. E essa parte não é fácil, eu sei. Com muito estudo e treino, uma hora você vai conseguir ter seu discurso na ponta da língua, mas então você percebe que precisa atualizá-lo e mudar algumas coisas na linha de argumentação, e agora você tem que recomeçar o processo para decorar tudo de novo. Será que não existem dicas, truques e formas de melhorarmos nossa memória e termos mais facilidade para finalmente decorarmos nossas apresentações? Boas notícias caro leitor, pois existem sim. E foi na apresentação de Joshua Foer, que você pode assistir aqui, que descobrimos isso. Bom, na verdade, vamos dividir o post de hoje em duas etapas. Na primeira vamos resumir algumas dicas...