Pipoca Moderna | Espaços vazio nos slides? Pode sim
1444
post-template-default,single,single-post,postid-1444,single-format-standard,,qode-title-hidden,qode-theme-ver-15.0,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,disabled_footer_bottom,wpb-js-composer js-comp-ver-4.11.2.1,vc_responsive

Espaços vazio nos slides? Pode sim

Já discutimos aqui no blog que slides não são documentos. Que você não deve colocar neles todo o texto que você dirá durante a apresentação, mas sim uma complementação visual. Já falamos também sobre contraste, alinhamento, unidade e proximidade nos slides, mas faltou citar um conceito essencial que deve constar no design da sua apresentação: o espaço vazio. Não, não é brincadeira. Espaço vazio nos slides não é a ausência de elementos. O espaço vazio também deve ser visto como um elemento e de muita importância.

Por que? Os seus slides devem apenas complementar a sua fala, portanto eles servem para guiar, chamar a atenção e reforçar alguns pontos principais do seu discurso. E não existe a menor possibilidade de isso acontecer se ele estiver abarrotado de informações, gráficos, tópicos, notas de rodapé e é claro, o logo da empresa. O conceito básico do espaço vazio é dar destaque a apenas uma informação por vez. Quando for fazer um slide e sentir que nele existe muito texto, pergunte-se: o que eu posso tirar daqui que não vai comprometer a minha ideia principal? O que pode ser dividido em mais slides?

Garr Reynolds faz uma interessante comparação entre apresentações e jardins para comprovar a importância do espaço vazio nos slides. Segundo ele, seus slides devem ser como um jardim Zen, simples e bonito. Sem ornamentações, com pedras selecionadas e cascalho. Muito diferente dos jardins do ocidente, que são tão coloridos e tão cheios de beleza que você não consegue apreciar tudo o que tem ali. Para apresentações a ideia é a mesma, manter a simplicidade e conseguir deixar um elemento em destaque por slide, para que a plateia consiga absorver tudo sem ter que se esforçar.

Veja por exemplo a imagem que ilustra esse post. Ela faz parte de uma apresentação que fizemos para a Grande Escola (veja a apresentação aqui) e exemplifica tudo o que eu disse nesse post. Esse slide trata de apenas uma ideia, deixa muito espaço sem informações e, na verdade, sem o apresentador não conseguimos nem saber ao certo qual é a sua função. Fizemos ele para exemplificar o roteiro da apresentação e para chama a atenção do público. Como um bom slide deve fazer.

Os seus slides devem facilitar a sua comunicação e cada elemento posto nele gera uma reação na plateia, como já expliquei nesse post sobre a relação de sinal vs ruído. Portanto, você deve concentrar-se em tornar a sua mensagem clara e, na maioria das vezes, isso significa que menos é mais. O espaço vazio não é um erro, mas o exagero de informações é.

Eduardo Brunetto
du@pipocamoderna.com