Pipoca Moderna | Dicas de roteiro: problemas e soluções
1257
post-template-default,single,single-post,postid-1257,single-format-standard,,qode-title-hidden,qode-theme-ver-15.0,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,disabled_footer_bottom,wpb-js-composer js-comp-ver-4.11.2.1,vc_responsive

Dicas de roteiro: problemas e soluções

Qual é o grande segredo dos filmes, séries de tv e principalmente novelas, para conseguirem prender nossa atenção da maneira como fazem? Elas contam uma história que logo em seus primeiros minutos, ou capítulos no caso de uma novela, nos apresenta um conflito, um problema, e só o soluciona no final, fazendo-nos esperar, dando falsas soluções, e prendendo nossa atenção até onde conseguirem. Portando agora, darei dicas de roteiro baseado nesse método para você melhorar a sua apresentação.

Parece simples, mas comece a assistir filmes e novelas com essa visão. Capitão América 2 por exemplo, já nos primeiros 20 minutos, o Capitão Steve Rogers começa a duvidar da integridade dos órgãos do governo e começa a pensar que ele não está fazendo o bem ao obedecer esses órgãos. Só no final, é que vamos descobrir que realmente existia algo de errado, quem é o culpado e como o Capitão vai conseguir detê-lo. Em novelas, como faz tempo que não acompanho uma, vou falar de Avenida Brasil, que foi um grande fenômeno. Logo no começo, você conhece Nina, uma menina que foi criada num lixão, e tem só um objetivo, conseguir se vingar da sua mãe por tê-la largado lá. E quando é que isso ocorre? Nas últimas semana, e até lá, ficamos na tensão, ansiosos para vermos isso acontecer.

No caso de apresentações, você não precisa manter a plateia presa por meses como uma novela, e raramente por mais de uma hora como num filme, portanto, na teoria, seu trabalho é ainda mais fácil. Você não precisa de histórias paralelas e de um roteiro muito rebuscado, mas sim apresentar uma situação, algum acontecimento que expressa um conflito, logo no começo do seu discurso. Ir aos poucos apresentando sua ideia, argumentar, e segurar consigo a solução do conflito só para o final. Além de prender a plateia pelo tempo desejado você conseguirá dar mais corpo a sua apresentação, que seguirá uma linha de raciocínio que vai do problema a sua solução.

Eduardo Brunetto
du@pipocamoderna.com