Pipoca Moderna | Dicas para fazer um roteiro
606
post-template-default,single,single-post,postid-606,single-format-standard,,qode-title-hidden,qode-theme-ver-15.0,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,disabled_footer_bottom,wpb-js-composer js-comp-ver-4.11.2.1,vc_responsive

Dicas para fazer um roteiro

Primeiramente, qual é a importância de se fazer um roteiro? Nele, você conseguirá organizar a sua apresentação e dar a ela uma linha de raciocínio que faça sentido. Sem ter nenhum conteúdo de apoio é fácil esquecer alguns pontos importantes durante a apresentação ou falar tudo fora de ordem, deixando seu público confuso. Seguem aqui algumas dicas para te ajudar:

Quais são seus argumentos?
Se você quer fazer uma apresentação, certamente quer mostrar algo novo, um produto ou uma ideia. Por que as pessoas devem aceitar a sua proposta? Quais são seus argumentos? Coloque no papel todos os que você tem, e então trace uma ordem de importância.

Qual será o seu Clímax?
Clímax é o ponto alto da sua apresentação. É aquele momento no qual você apresenta o seu melhor argumento, o motivo pelo qual você acha que a sua ideia dará certo. Planeje quando ele deve ser apresentado para o público e garanta que tudo o que você falou até o momento sirva de apoio para o seu clímax.

Finalize com o que você não deve começar:
Sempre existem alguns inconvenientes para que a sua ideia possa ser posta em prática. O preço, a necessidade de recursos, entre outros. Depois que você já conquistou seu público com o seu clímax, comece a falar dos problemas. Quando a pessoa já está engajada com um projeto vai passar por cima de tudo para fazê-lo dar certo, agora se ela ouvir os problemas primeiro, irá assistir o resto da apresentação desanimada.

Seguindo esses passos, as chances da sua apresentação ser bem sucedida são muito maiores. Lembre-se que o seu objetivo é conduzir o público e devagar, plantar a sua ideia na cabeça deles. Para isso é necessário todo um planejamento pensando em como eles vão reagir ao ouvir tudo o que você fala. Planeje, faça um roteiro.

Eduardo Brunetto
du@pipocamoderna.com